Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Sobre Antero de Quental

"Passaram anos em que não vi Antero, instalado então em Vila do Conde. Sabia que o meu amigo estava quase são, quase sereno. Mas foi uma preciosa surpresa quando, ao fim dessa separação, chegando ao Porto e correndo com Oliveira Martins a Vila do Conde, avistei na estação um Antero gordo, róseo, reflorido, com as lapelas do casaco de alpaca atiradas para trás galhardamente e meneando na mão a grossa bengala da Índia que em Lisboa eu lhe dera para amparar a tristeza e a fadiga. Era uma regressão, quase o antigo Antero coimbrão, mais amadurecido, mais doce. Era sobretudo uma ressureição moral, à velha maneira de Lázaro, uma miraculosa saída do túmulo pessimista e das sombras da negação. Findara a luta implacável: o seu grande coração, enfim, descansava em paz!"


publicado por viladocondecriativa às 13:08
link do post | comentar | favorito

Desvios do curso do Rio Ave - 1910

  


A República. n-1 de 18-12-1910.

   
    A "Propaganda" da Póvoa de Varzim , lança , segundo nos informam , a ideia de fazer derivar a água do nosso rio para aquella villa , aproveitando-as para certas necessidades da hygiene publica....

Em 25-12-1910.

 

    A "Propaganda " da Póvoa de Varzim , não abandonou a ideia de nos levar para lá a agua do Ave , para nada contando com a nossa natural e legítima resistência a tão audaciosa como extravagante tentativa de esbrilho se um dia alguem se lembrasse de tornar em facto o devaneio poetico do Sr. Candido Landolt.

    Com mais respeito pelas nossas susceptibilidades e pelos nossos direitos , já o POVEIRO , nosso colega d´aquella villa , lhe assignalou os inconvenientes de tal disparate ; mas a "Propaganda" prossegue intrepidamente na sua defeza na convicção , que decerto o desvanece , de estar a propugnar uma ideia genial.

    Pois que viva o bravo e fecundo jornalista n´essa convicção grata , e não falte na Povoa alguem a propor-lhe a coroa civica com que os antigos gregos premiavam os seus servidores illustres.


publicado por viladocondecriativa às 13:06
link do post | comentar | favorito

Jornal de Villa do Conde - 1887

 


  "Vae ficando deserta ! Os primeiros frios do Outonno pozeram em debandada muitas famílias de banhistas . Já se nota uma grande differença no movimento da rua Bento de Freitas , que começa de novo a ficar silenciosa e triste . Até ao anno ! -- é ocasião de dizermos a todas essas famílias que nos honraram com a sua permanencia nos mezes quentes do estio . Oxalá que d´aqui levem as melhores recordações e as mais gratas lembranças . As que deixam são as mais saudosas e agradaveis . Em cada dia que passa despovôa-se uma caza , e desaparece um d´esses bandos alegres e loiros de creança , que enchiam aquella pittoresca vastidão com os seus alegres sorrisos e inquietos brinquedos.
    Nós cá ficamos na algida melancolia do inverno , com as suas noites frias e eternas , á espera d´esses mezes alegres e temperados que nos trazem as flôres e os banhistas . Que voltem rapidos e felizes é o que todos desejamos."


publicado por viladocondecriativa às 13:05
link do post | comentar | favorito

Nau Quinhentista

       Encontra-se, actualmente, ancorada junto à Alfândega Régia – desde Setembro do ano corrente – uma réplica de Nau Quinhentista. Esta, tem recebido vastos elogios, não só dos vilacondenses, como de todos os que vêm de fora e passeiam na agradável zona Ribeirinha.

        Trata-se de um exemplar único no País, a réplica da embarcação integra-se no projecto “Viagem à Rosa dos Ventos”com que Vila do Conde foi distinguida pela União Europeia como a única candidatura portuguesa aprovada e que inclui ainda a Alfândega Régia, o Centro de Documentação dos Portos Marítimos Quinhentistas e a Praça D. João II.


publicado por viladocondecriativa às 12:36
link do post | comentar | favorito

Internet Gratuita em Vila do Conde

       



Devido à importância do acesso à informação e utilização das novas tecnologias, a Câmara Municipal de Vila do Conde, disponibiliza acesso gratuito à Internet em vários locais da cidade, para todos os vilacondenses e a todos aqueles que visitam a cidade.

        Através deste novo serviço é possível em qualquer ponto da Praça José Régio, Café Concerto do Centro Municipal José Régio, Café Concerto do Centro Municipal da Juventude e bar do Parques da Cidade João Paulo II, com recurso a um computador ou a um telemóvel, o acesso à Internet ou ao correio electrónico, de forma totalmente gratuita, durante 24 horas por dia.


publicado por viladocondecriativa às 12:36
link do post | comentar | favorito

Reconhecimento Ibérico do Município

     “Vila do Conde aderiu ao Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, associação transfronteiriça que integra, agora, 28 cidades da Galiza e do Norte de Portugal, tendo como objectivo fundamental o desenvolvimento económico, social, cultural, científico e tecnológico das cidades e regiões que lhe pertencem.

            Para além de Vila do Conde, na última reunião executiva do Eixo Atlântico foi também decidida a integração de outras cidades, como as galegas Carballo, Vivieiro, Lalín, Verín e Barco de Valdeorras e as portuguesas Matosinhos, Mirandela, Barcelos e Famalicão.

            Foram apenas consideradas propostas de concelhos que obedecem a rigorosos critérios relacionados com a sua população e localização estratégica, boas práticas ambientais, ordenamento do território, planos de desenvolvimento sustentável, redes viárias, património cultural e histórico, entre outros. Assim, a inclusão de Vila do Conde nesta importante associação reflecte o reconhecimento pelo trabalho estratégico que vem sendo desenvolvido no Concelho.

            As cidades que já integravam o Eixo Atlântico eram nove do Norte de Portugal (Braga, Bragança, Chaves, Guimarães, Peso da Régua, Porto, Vila Real, Viana do Castelo e Vila Nova e Gaia) e outras tantas na Galiza (Corunha, Ferrol, Lugo, Monforte de Lemos, Ourense, Pontevedra, Santiago de Compostela, Villagarcia de Arouso e Vigo).

            A criação desta associação nasceu da necessidade de uma cooperação aprofundada entre as cidades do Porto e de Vigo, como forma de reforçar a sua posição perante a União Europeia tendo como objectivo obter mais apoios para projectos de desenvolvimento das suas cidades e regiões. Em 1992 foi constituído, oficialmente, o Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, que rapidamente se estendeu a mais 16 cidades do Norte de Portugal e Galiza, núcleo agora alargado com mais dez cidades membros.”

 

 

Boletim Municipal de Vila do Conde, Julho/Agosto 2007, n.º 70


publicado por viladocondecriativa às 12:33
link do post | comentar | favorito

.Vila do Conde Criativa


. ver perfil

. adicionar

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.links

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.subscrever feeds